Desenho como forma de recreação: brincar, educar e colorir

O desenho infantil ajuda no desenvolvimento da criança

O desenho infantil é uma das atividades que mais integra crianças e adultos

Desde o início da pandemia, as famílias estão se desdobrando para conciliar o dia a dia com os filhos em casa. Agora, com o período de festas chegando, essa missão se torna ainda mais complexa, porque temos mais compromissos e afazeres. Encontrar atividades que ajudem no crescimento das crianças e fazer com que elas se engajem não é uma tarefa fácil, não é mesmo?

Uma ótima solução para isso é o desenho. Ele é uma das atividades essenciais para a formação dos pequenos, pois ajuda no desenvolvimento cognitivo e na coordenação motora. Além disso, o desenho é um ótimo momento de interação com a família. 

Mas, você sabe quando é a hora certa de começar a desenhar?

O desenho não é só uma atividade divertida, ele também é educativo e ajuda a despertar e desenvolver novas habilidades. Você sabe quando é o momento certo de começar a apresentar o desenho para seu filho?

De acordo com a Revista Crescer, do grupo Globo, a partir dos 12 meses, o bebê já consegue segurar um lápis, giz ou canetinha com as mãos. Ele já começa a rabiscar e se divertir com essa nova sensação. Deixá-lo brincar com desenho desde novinho ajuda no desenvolvimento da coordenação motora, auxilia nos movimentos e permite que ele faça novas descobertas sensoriais. Mas lembre-se de acompanhar de perto esse processo, pois há o risco da criança se machucar com o lápis.

A partir dos quatro anos, a criança consegue desenvolver as habilidades mais refinadas. Além disso, passa a conseguir representar as ideias através de desenhos, se expressando com formas e cores.

A partir dos 12 meses a criança já pode começar a desenhar e pintar

Benefícios do desenho para crianças na primeira infância

Você sabia que apresentar seu filho ao desenho pode trazer muitas vantagens para ele no futuro? Quando a criança começa a desenhar desde cedo, ela tem a chance de evoluir e se desenvolver. Além de fortalecer a imaginação e o senso estético, o desenho também auxilia no desenvolvimento dos músculos e da visão. Vamos ver juntos todos esses benefícios?

- Desenvolvimento cognitivo e coordenação

Desenhar é uma forma de criar novas habilidades e ajudar na evolução das crianças. O desenho também promove o desenvolvimento cognitivo, ou seja, estimula o cérebro e ajuda no senso de observação dos pequenos. Além disso, desenhar ajuda a coordenação, pois eles começam a entender melhor os gestos com as mãos e conseguem, aos poucos, controlar melhor o corpo.

A coordenação motora fina também é influenciada pelo ato de desenhar. Conforme a criança vai se desenvolvendo, ela passa a fazer figuras cada vez mais detalhadas e precisas e pode criar formas mais precisas e pintar sem passar das margens, por exemplo.

- Expressão e clareza dos sentimentos

Quando a criança desenha, é possível notar os sentimentos dela através das imagens. As ilustrações também ensinam a administrar os sentimentos. A paciência, a concentração e a perseverança estão totalmente ligados ao desenho, uma vez que a criança precisa desenvolver o que está na sua mente e colocar no papel, aos poucos, até que a imagem fique completa.

- Uso das cores

As cores e as emoções podem estar conectadas, principalmente nos desenhos infantis. Deixar a criança pintar com cores à escolha dela pode revelar muito sobre seu estado emocional, você sabia? Mas vale lembrar que a avaliação deve ser feita por um profissional, como psicólogo, psicanalista ou psiquiatra.

As combinações claras, por exemplo, expressam que a criança está calma e bem conectada com as emoções. Como o azul, que indica bem-estar e relaxamento, podendo também estar ligado à timidez. O amarelo demonstra alegria, energia e sociabilidade.

Já as cores escuras indicam sentimentos mais marcantes. O marrom, por exemplo, está ligado à prudência, pode mostrar um senso de responsabilidade na criança ou até mesmo ansiedade. O roxo, por sua vez, pode estar ligado com insatisfação e inquietude, o uso excessivo também pode ter relação com ansiedade ou pressões do dia a dia.

- Criatividade

A criatividade é a capacidade de imaginar, inventar, criar coisas novas. Este é um ponto muito importante para a criança. O desenho permite que ela desenvolva a criatividade e a coloque em prática. Incentivar novos desafios, como colorir imagens mais detalhadas ou fazer figuras mais complexas, irá ajudar o desenvolvimento da imaginação.

Outra forma de apoiar esse processo é perguntar a ela sobre o que é o desenho. Isso vai fazer com que ela fale sobre o assunto, colocando as ideias em ordem e expressando-as, a ponto de mostrar a sua própria interpretação acerca das imagens feitas.

- Momentos em família

O processo do desenho pode ser uma ótima forma de passar um tempo em família. Vocês podem desenhar juntos, escolher uma imagem para reproduzir ou até mesmo colorir um álbum em conjunto. É uma ótima forma de promover a interação entre as crianças e os adultos, além de gerar uma conexão forte, por meio de uma atividade feita em conjunto, e além disso, cria ótimas memórias em família. Que tal criar um espaço na sua casa para deixar visível os desenhos das crianças?

Como incentivar o desenho para as crianças?

Nem todas as crianças têm vontade de desenhar por conta própria. Mas há algumas formas de incentivá-las a gostar e fazer com que queiram mais tempo colocando as ideias no papel.

São elas:

- Deixe que a criança escolha o que vai desenhar

- Não seja exigente, elogie cada criação

- Ofereça materiais para colorir

- Não a obrigue a desenhar, cada criança tem o seu tempo

- Peça que ela te apresente o que desenhou

Lembre-se que o desenho deve ser como uma brincadeira: quanto mais a criança se divertir, mais ele irá querer passar tempo desenhando. Não coloque expectativas muito altas, principalmente no começo. Deixe que ele se distraia e use ao máximo a imaginação. Coloque essas dicas em prática e você verá progresso nas imagens e na satisfação do seu filho. Imaginação, lápis, tintas e pincéis à obra!


 

Comentários 2

Visitante - elaine de faria michele silva em Domingo, 14 Fevereiro 2021 02:32

Olá Equipe, feliz por estar aqui falando com vcs.
Sou Psicóloga , Mestre em Desenvolvimento Social e Educação. Biblioterapia : A contribuição da Literatura Infantil para ajudar a criança elevar sua autoestima.
A minha pesquisa foi aplicada em Colégio Municipal, em área de risco sócio econômica . As crianças eram sofridas , algumas relataram xingamento e espancamento por parte dos pais quando chegavam em casa após a Escola.

Olá Equipe, feliz por estar aqui falando com vcs. Sou Psicóloga , Mestre em Desenvolvimento Social e Educação. Biblioterapia : A contribuição da Literatura Infantil para ajudar a criança elevar sua autoestima. A minha pesquisa foi aplicada em Colégio Municipal, em área de risco sócio econômica . As crianças eram sofridas , algumas relataram xingamento e espancamento por parte dos pais quando chegavam em casa após a Escola.
Visitante - CRISTINA CAVALCANTI MISONO em Domingo, 23 Mai 2021 19:53

Oi Equipe Faber Castell! É com enorme prazer de poder esta em contato com vocês.
Sou professora Especialista em Educação Especial, graduada em Arte e História. É uma realização trabalha com as crianças o lúdico, deixa a imaginação vira criatividade e estimular cognitivo e motor. A minha clientela são crianças da zona rural, e a alegria delas é quando a aula é desenhos livres, ai elas são livres para poder fazer o que quiserem, nem que seja em um pedaço de papel. A imaginação fica por conta do que quiserem criar. Obrigada pela oportunidade e atenção!

Oi Equipe Faber Castell! É com enorme prazer de poder esta em contato com vocês. Sou professora Especialista em Educação Especial, graduada em Arte e História. É uma realização trabalha com as crianças o lúdico, deixa a imaginação vira criatividade e estimular cognitivo e motor. A minha clientela são crianças da zona rural, e a alegria delas é quando a aula é desenhos livres, ai elas são livres para poder fazer o que quiserem, nem que seja em um pedaço de papel. A imaginação fica por conta do que quiserem criar. Obrigada pela oportunidade e atenção! ;)
Visitante
Quinta, 09 Dezembro 2021