Como usar UX nos meus projetos? Saiba como adotá-lo e melhore os processos criativos!

ux

Não é de hoje que você quer potencializar a criatividade em seus projetos, não é mesmo? Porém, muitas pessoas têm dificuldades em explorar esse ponto e, de fato, inovar no seu dia a dia.

A criatividade pode percorrer muitos caminhos diferentes. Por isso, saber direcioná-la pode ser um grande desafio. Contudo, ter um aliado nesse momento, como o UX, pode ser o fator primordial para melhorar os seus projetos criativos, e para que você tenha a seu alcance um recurso que o ajude a resolver problemas de forma mais simples.

Criado no design, ele é, hoje, mais conhecido por ser aplicado em projetos digitais, como apps e sites. Mas, você sabia que ele não se limita apenas a isso? Neste artigo, vamos falar sobre como colocar em prática o UX em seu projeto e tirar suas dúvidas sobre como ele pode ajudar na execução de projetos criativos. Boa leitura!

Como colocar em prática o UX no seu projeto?

Quantas vezes você sentiu dificuldades em ser mais criativo e inovador em seus projetos? Isso acontece porque, diferentemente do que pensamos, a criatividade não é inata! Ela não vem de um processo único de inspiração. Ela é um hábito. E dá para ser desenvolvida no dia a dia.

Por exemplo, focar sempre em "empatia" é uma estratégia que pode ser adotada. Você começa o processo de inovação orientando suas ações para isso. E, aos poucos, vai se especializando, até tornar-se um expert ao unir o UX em seus projetos criativos.

Isso impacta as mais diferentes áreas. Por exemplo, a Ocean Drop (e-commerce de cápsula de superfoods), criada no início de 2020, já nasceu dentro das diretrizes de um bom UX Design.

Pensando em ter um diferencial importante, distinguindo-se de sites semelhantes, a proposta era inovar e, ao mesmo tempo, sem perder o foco na experiência do usuário. Assim, inovação e empatia andaram lado a lado no processo de criação da plataforma.

Desta forma, alguns dos pontos-fortes do site em relação a UX Design são:

  • Preocupação com usabilidade;
  • Site clean, com botões que se conectam entre si;
  • Preferência por fotos reais, ao invés de utilizar animações, a fim de despertar um maior interesse do usuário.

O resultado? O site teve, na sua primeira semana, 1% de conversão. Para que se tenha uma ideia, a média nacional de negócios consolidados é de 1,65%. A preocupação com UX, com certeza, foi um grande diferencial para esse começo bem-sucedido.

Por isso, vamos auxiliar você a seguir em busca da união entre criatividade e UX, para criar um projeto único, inovador e que conquiste a atenção do seu público. E, também, acompanhe um checklist que vai orientar os seus processos de criação.

Aplicando a criatividade ao UX

Para ter um bom processo de experiência do usuário, é importante seguir algumas dicas essenciais e conseguir unir criatividade e UX design. Com elas, você conseguirá potencializar seus resultados. Vamos juntos conhecer essas dicas!

Use as referências

Quanto maior nosso repertório, mais desenvolvemos capacidade criativa. Isso porque, nosso processo é baseado em referências. Ou seja, nos inspiramos em criações anteriores, e em diversas ideias, para criarmos as nossas.

Além disso, ao entendermos as referências, compreendemos quais são as atuais mudanças e tendências. Com isso, conseguimos alinhar nossas ações com aquilo que está em alta no mercado, ou resgatar uma ideia usada em outra década, e atualizá-la de forma que fique única.

Pratique as técnicas de brainstorming

O brainstorming é o processo no qual você deixa extravasar todas as ideias que surgem em sua mente, permitindo que diversas opções sejam criadas. Normalmente, é feito em dinâmica de grupo, de forma colaborativa (mas também, pode ser feita entre você e o papel), e você pode consultar a opinião de algumas pessoas posteriormente.

Não há ideias erradas em um primeiro momento. Todos vão colaborar e agregar ao que o outro colega abordou. Com isso, exploram-se as potencialidades de todos os envolvidos. E, por fim, ideias inéditas, criadas de forma colaborativa, podem surgir.

Exercite seu sistema neural

O processo criativo é um hábito. Como tal, precisa ser exercitado para poder continuar sendo potencializado. Você não começa, por exemplo, correndo uma maratona de primeira: é preciso ter todo um processo de treinamento, de alcançar cada km, e controlar a sua velocidade, até alcançar a excelência.

O mesmo ocorre com seu sistema neural: ele precisa ser treinado constantemente. Por isso, defina hábitos dentro da sua rotina para permitir que seu cérebro esteja voltado para a criatividade.

Algumas questões que podem ajudar são:

  • Foque se os seus projetos estão direcionados para uma maior simplicidade, evitando firulas desnecessárias;
  • Analise se ele é, de fato, relevante para a rotina do cliente. Afinal, se ele não agrega positivamente, por que teria interesse?
  • Veja se ele é acionável, ou seja, se a pessoa consegue realizar as funções necessárias sem maiores problemas (se o entendimento for simples, você está no caminho certo);
  • Busque sempre uma interface agradável, que permita a seus usuários e clientes naturalmente se interessarem pelo projeto;
  • Veja se o projeto é inteligente, ou seja, se é possível articular de forma tranquila as diversas funções dele e promover, de fato, melhorias para a vida do cliente (se o seu projeto é útil e resolve o problema ou se conecta a uma necessidade do cliente, você tem ouro nas mãos!).

O processo criativo pode ser potencializado sim. Por isso, é fundamental que você busque estimulá-lo na sua rotina. Outra forma é inspirando-se em grandes nomes da área, tais como:

Muitos profissionais de UX já criaram e testaram técnicas, a partir de tentativa e erro, e você pode beber nessas fontes, para aprimorar as suas ideias e avançar mais rápido no seu ciclo de aprendizado dentro desse universo novo e inspirador.

Com as referências certas, e as perguntas que podem nortear a execução do seu projeto criativo você já tem um caminho percorrido, e agora pode acrescentar a ele, toda a sua criatividade. Não esqueça de consultar o nosso checklist e usá-lo para executar os seus projetos criativos. Nele, você entenderá:

  • Quais são os princípios de UX;
  • Como ele se aplica a todas as áreas criativas;
  • Um checklist imperdível para identificar como o UX pode ser aplicado aos seus projetos.

Então, não perca! E mãos à obra! 

 O desenho infantil é uma atividade fundamental para o desenvolvimento das crianças. Afinal, os riscos e rabiscos ajudam na evolução cognitiva, motora, social, emocional e espacial.Além disso, permitem que os pequenos desenvolvam a percepção das...
6 Leitores
​Você sabia que as brincadeiras e as cores são fundamentais para o desenvolvimento infantil? Isso porque elas são muito mais do que uma mera distração, visto que estimulam os pequenos em diversos sentidos — na inteligência, curiosidade, imaginação, a...
79 Leitores
Para você que já leu sobre o propósito da criação, deve saber que chegar a uma boa ideia pode passar pela organização das mesmas. Então, o nosso objetivo é te dar um arsenal de ferramentas para tornar esse processo muito mais fácil. Você já ouviu fal...
164 Leitores
 

Comentários

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 18 Junho 2021