Ansiedade e estresse: que tal colorir?

que-tal-colorir

O Brasil é um dos países com o maior número de pessoas com ansiedade e estresse. Segundo a OMS, são aproximadamente 19 milhões de brasileiros com o problema, que tende a piorar, principalmente, após a pandemia do novo coronavírus. Por isso, encontrar estratégias para aliviar esses problemas é fundamental. Afinal, eles podem ser altamente paralisantes no dia a dia. Então, que tal colorir? Você sabia que essa prática pode ter efeitos terapêuticos? Saiba mais a seguir.

Como colorir pode ajudar a amenizar a ansiedade e estresse?

 Pegue os lápis de cor, canetinha e giz de cera e vamos colorir para aliviar as tensões! Um estudo realizado em 2005 mostrou que colorir mandalas em padrões da tradição budista e hindu alivia estresse e ansiedade.

Para os budistas e hindus, a construção da mandala é feita, justamente, para auxiliar em práticas meditativas, trazendo a pessoa para o momento presente. A ansiedade, muitas vezes, ocorre justamente por um excesso de preocupação com o futuro.

O que os profissionais dizem sobre os benefícios de colorir?

O neurocientista Dr. Stan Rodski explica que quando um cérebro está concentrado em uma atividade como colorir, as redes neurais comportamentais sofrem alterações, aumentando a plasticidade cerebral, responsável por atenuar estresses e ansiedades.

A plasticidade cerebral é responsável por permitir que possamos enxergar novos caminhos para os problemas, resolvendo-os de forma criativa e com menos estresse. Quando perdemos isso, encaramos de forma mais difícil os problemas do dia a dia, com menos capacidade de adaptação às adversidades.

Além disso, segundo o neurocientista, há uma redução do nível de adrenalina (que pode estar alinhada com a produção de cortisol, hormônio do estresse) e aumento do nível de dopamina (hormônio do prazer e motivação). Dessa forma, ele afirma que a memória, cognição e área emocional tendem a melhorar consideravelmente quando a gente colore.

Além disso, o simples fato de estar praticando algo para sua distração já é uma ajuda. Como diz a psicóloga cognitiva-comportamental Maris Botari: "Qualquer atividade descompromissada pode diminuir a ansiedade, já que aciona algumas partes do cérebro e diminui a atividade de outras".

Assim, você pode, por exemplo, desviar o foco para atividades criativas, artísticas e sensíveis, que podem não ter muitos estímulos no dia a dia. Ou seja, vai equilibrar muito mais sua rotina!

E não precisa ser sozinho! Colorir em grupo também proporciona bem-estar e reduz o estresse. Isso ocorre, também, porque é uma atividade na qual você socializa, conhece pessoas novas e consegue direcionar sua atenção para outras questões, tirando o foco das causas que podem potencializar a ansiedade.

Como a cromoterapia pode ajudar nisso?

 A cromoterapia é uma prática milenar, que consiste em utilizar diferentes cores para tratar doenças, melhorar o equilíbrio entre corpo e mente e ajudar a trazer a sensação de bem-estar.

A própria escolha de cores pode ser uma importante aliada para conseguir trazer mais calma e amenizar a ansiedade e o estresse ao colorir. Por isso, conhecer a cromoterapia pode te permitir fazer boas escolhas que trazem ainda melhores sensações.

Veja a seguir algumas dicas e a finalidade de cada cor!

Laranja

Você há de concordar que quando o dia está ensolarado, o impulso é levantar da cama, sacudir a poeira, e fazer daquele dia, o melhor.

Pois bem, é essa a sensação que essa cor traz: energia, criatividade, empatia, coragem e ânimo, por isso, use e abuse do laranja quando as situações de ansiedade e estresse estiverem diminuindo a sua coragem;

Vermelho

Está ligado à motivação, estímulo, vitalidade, intensidade, paixão. Use quando estiver com um humor mais deprimido, afinal, essa cor trará mais energia e disposição para o seu dia.

Rosa

Está ligada ao amor, compreensão, perdão e autoperdão. O cérebro, ao ver essa cor e trabalhar com ela, automaticamente a associa com um momento bom e de carinho.

Essa associação que o cérebro faz involuntariamente eleva a sensação de conforto. A ansiedade e o estresse, por sua vez, somem num passe de mágica.

Azul

Há quem diga que o azul traz uma sensação de tranquilidade e paz, seja porque faz o subconsciente se lembrar da cor do céu, seja porque permite lembrar da cor do mar. O fato é: essa cor é crucial na vida de quem almeja um alívio da ansiedade e do estresse diário que podem vir de diversos lugares, como de um dia ruim ou de um trânsito quilométrico.

O artigo publicado pela Atena Editora concluiu que a cor azul ajuda a estimular a parte parassimpática do sistema nervoso autônomo, por ser relaxante. Então, quando precisar relaxar, lembre-se de usar essa cor!

Verde

É uma cor que remete o cérebro a um estado de tranquilidade, auxiliando no alívio da tensão e fadiga, permitindo, ainda, que o estresse e a ansiedade diminuam. Para algumas pessoas, o contato com essa cor ajuda inclusive em crises de insônia, portanto, se você busca por mais tranquilidade, o verde precisa marcar presença na sua vida.

É muito interessante o poder que as cores têm sobre o nosso cérebro, não é? Por isso, aí vai uma dica bônus: quando a ansiedade e estresse apertarem, pegue um papel, lápis de cor ou giz de cera e pinte um arco-íris, um dia ensolarado ou até um coração. Com certeza colorir te fará sentir bem melhor!

De que outras formas as cores podem ser usadas para aliviar estresse e ansiedade?

Mas não é só colorindo que você pode ter uma mudança positiva no uso das cores. Afinal, já pensou em como elas influenciam na sua vida como um todo? Por exemplo, se você está em um ambiente com paredes vermelhas, tende a ficar mais alerta. Já se está em um com a cor azul, normalmente fica mais tranquilo.

Pois é. Sabia que se você explorar essas ideias da cromoterapia na decoração e na composição da sua casa, tende a ter melhores resultados? Então, que tal trazer objetos, decorações ou, até mesmo, pintar o seu próprio quadro com cores que tragam sensação de calma e bem-estar?

Nesse último exemplo, além de você trabalhar com as cores, ainda há o lado bom de que terá, como decoração, algo que você mesmo criou. E isso é fantástico para sua saúde mental, dando-lhe mais confiança!

A ansiedade e o estresse podem ser complicados para sua vida e saúde mental. Por isso, colorir pode ser uma boa forma de aliviar esse momento e permitir a você ter melhor qualidade de vida.

Gostou deste conteúdo? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais e leve-o para mais pessoas.

 A criatividade costuma ser vista como uma habilidade natural. O que muitos desconhecem é que não é preciso ser um artista para desenvolver essa competência. A criatividade pode ser estimulada por qualquer um, especialmente através de atividades...
284 Leitores
Você sabia que as cores impactam nosso comportamento? Ao contrário do que muitos pensam, isso não é apenas uma impressão. Ou seja, elas realmente têm o poder de influenciar nossas emoções, sentimentos, ações e, até mesmo, a imagem que desejamos trans...
168 Leitores
 Você se considera uma pessoa criativa? Está sempre em busca de como aumentar a sua criatividade? Ao contrário do que muitos imaginam, ela não é uma habilidade somente para artistas. Afinal, a criatividade é uma ferramenta fantástica que ajuda n...
469 Leitores
 

Comentários

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 18 Setembro 2021